O uso do conto de fadas como ferramenta terapêutica

Novo blog terá artigos, novidades e notícias
outubro 22, 2015
Psicoterapia Infantil, o brincar e a família terapêutica.
maio 16, 2016

Contando HistóriasO conto de fadas proporciona novas dimensões à imaginação da criança, as quais não poderia descobrir por si só. É um convite à introspecção para adentrar no universo da imaginação, onde surgem novos mundos e histórias. Consideramos um mediador capaz de permitir que a criança elabore seus conflitos psíquicos, estimulando-a a enfrentar seus sentimentos mais assustadores, que ficam sem nome e sem sentido, até a história poder fazer isso para a criança.

Além do valor terapêutico, o ambiente acolhedor que o grupo de contos proporciona, o tom de voz e o olhar, remetem às primeiras relações entre a dupla mãe x bebê. Portanto o conto serve como ferramenta eficaz para favorecer a comunicação terapêutica, auxiliando na resolução de conflitos, como vulnerabilidade, abandono, agressividade, separação/individuação, entre outros.

O conto não necessariamente precisa ser utilizado em situações de extrema vulnerabilidade, ou situações concretamente traumáticas. Também pode ser útil para trabalhar questões conflitivas gerais, como: tirada de fraldas, mudanças, questões orais, saída da escola, entrada da adolescência, além de funcionar como uma estratégia preventiva que auxilia na melhora da capacidade de aprendizado.

Se você possui dúvidas a cerca do uso dos contos de fadas, faça um comentário e venha conhecer o grupo de contos.

Bruna Machado Meneghetti – Psicóloga

Compartilhe com um amigo